segunda-feira, 20 de setembro de 2010

greenpeace vs facebook

O Greenpeace não é contra o crescimento do Facebook. Mas queremos ter certeza de que não sofreremos pelas más escolhas da empresa.
Foi o que disse a ONG em relação a atual campanha que move contra a fonte não renovável de energia que vem sendo utilizada pela maior rede social do mundo. Abordando diretamente no video o nome do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg,
a expectativa está em cima da resposta dele à critica feita pelo Greenpeace.

O video produzido reinventa a história de Mark e tem a intenção de chamar os internautas a colaborar em favor da pressão sob o CEO, de modo que este mude de ideia e comece a fazer uso de um método mais ecologicamente correto de produção de energia em sua empresa. Irônicamente, o Greenpeace utilizou seu perfil na própria rede do Facebook para declarar a seguinte opinião sobre Mark:
Seu perfil no Facebook não mostra o status de relacionamento, mas, se o fizesse, poderia dizer "em relacionamento com o carvão"
E é também na própria página do facebook do Greenpeace que as pessoas podem colaborar mandando uma mensagem em prol do meio ambiente diretamente para o perfil do CEO da rede.

De acordo com a ONG Ambientalista, "quando usamos o Facebook aqui, usamos também o carvão americano que alimenta os servidores da rede." Critico, não? Ainda segundo o Greenpeace, o enorme crescimento da rede exigiu de Mark a construção de mais um centro de dados que seria mais uma vez abastecido pelo carvão, o negócio piorou ainda mais quando em seguida decidiu dobrar o tamanho da instalação, o que conseqüentemente duplicaria a quantidade de carvão a ser utilizado .

Indignados e movidos pelo ideal ambientalista, algo que diga-se de passagem até mesmo quem não curte a ONG deveria ter em consciência, o Greanpeace começou então esta campanha e quanto à resposta de Mark Zuckerberg afirmou:
Em carta enviada a Mark Zuckerberg há 16 dias, o diretor executivo do Greenpeace, Kumi Naidoo, manifestou a sua preocupação. Infelizmente, a resposta indica que Mark tem medo de se comprometer.
Bom, o fato é que a campanha já está começando a rodar na boca do povo,
 especialmente nas sociais,
afinal como muitos de nós sabemos o carvão é de fato uma das formas de produção de energia que mais emite os "maledetos" gases de efeito estufa. fonte: criativos na web

Nenhum comentário:

Postar um comentário